OFICINA IDEAL

Encontre aqui seu fornecedor ideal Mais de 2.000 empresas cadastradas, mais de 3.000 produtos e serviços disponíveis
Entidades Colaboradoras
Esqueceu sua senha? Não tem login e senha? Cadastre-se aqui!




11/11/2015

A3 Sedan brasileiro ganha pintura especial em homenagem a Ayrton Senna

A Audi do Brasil está apresentando o primeiro A3 Sedan fabricado no país com pintura especial que homenageia o grande ídolo nacional Ayrton Senna. A arte do veículo foi feita pelo renomado artista Eduardo Kobra, que também desenvolveu o enorme painel com os traços do piloto inaugurado na esquina das avenidas Paulista e Consolação, um dos pontos mais conhecidos da cidade de São Paulo (SP).

Produzido em São José dos Pinhais (PR), o carro recebeu as mesmas cores usadas no capacete do tricampeão mundial de Fórmula 1, equipamento de segurança que ficou conhecido mundialmente em suas temporadas da competição e fazem alusão à bandeira do Brasil. Em uma pintura estilizada, o modelo traz as tonalidades verde, amarelo e azul, além da assinatura de Senna na lateral.

Essa primeira unidade do A3 Sedan poderá ser visitada pelo público no Audi Lounge, localizado na Rua Oscar Freire – São Paulo (SP) –, até o final deste ano. Em 2016, o carro rodará o país em ações de marketing e eventos da marca e, após esse período, será leiloado com a renda revertida para o Instituto Ayrton Senna.

Modelo que inicia esse momento histórico para a Audi do Brasil ao inaugurar a fábrica brasileira, o A3 Sedan Flex teve suas versões atualizadas para melhor atender o mercado nacional, oferecendo uma gama de equipamentos de série mais completa e maior número de opcionais. O primeiro carro da Audi no mundo preparado para receber etanol no tanque de combustível conta com motor 1.4 TFSI Flex capaz de desenvolver 150 cv de potência e 250 Nm de torque.

Fonte: Audi do Brasil




23/10/2015 TecnologiaFunilariaMecânicaPinturaMontagem

Chevrolet lança site de consulta e venda on-line de peças genuínas

Em um mundo cercado de modernidades, a tecnologia acaba sendo a melhor ferramenta das oficinas. E foi pensando em facilitar e agilizar a vida do reparador independente que a GM lança o site “Peça Chevrolet”, o primeiro desenvolvido por uma grande fabricante de automóveis a oferecer opção de consulta e compra online de peças.

De fácil navegação, o site traz diversas funcionalidades, como o catálogo digital de peças de todos os modelos Chevrolet comercializados no país desde 1964, nacionais e importados. Isso permite ao reparador encontrar rapidamente a peça correta a ser substituída.

Após escolher os itens desejados, o reparador seleciona uma autorizada e pede que o vendedor envie imediatamente um orçamento. O valor da compra e do frete, assim como a forma de pagamento, são negociados diretamente com a concessionária, sem intermediários, por meio de mensagens escritas em um chat.

Além de texto, o canal também possibilita o compartilhamento de imagens. Dessa forma, o reparador pode certificar-se de que está comprando a peça correta. Outro diferencial do site é que os itens vêm com atestado de originalidade, o que reflete em melhor qualidade e credibilidade ao serviço prestado pela oficina.

“Inovador, o site Peça Chevrolet apresenta-se como a maneira mais inteligente, prática e segura de adquirir um item de reposição original da marca”, destaca Marcelo Santiago, Gerente de e-Commerce para o Brasil e América do Sul. Para o executivo, essa é uma ferramenta que chega para agilizar o trabalho do reparador. “Quanto mais rápido é feito o conserto do veículo do cliente, mais satisfeito ele fica, e abre-se espaço para poder atender um outro carro e, assim, ampliar a receita do estabelecimento”, completa.

As concessionárias Chevrolet das cidades de Sorocaba, Bebedouro e São José dos Campos (SP) foram escolhidas para participar da primeira etapa da implantação do site, que logo habilitará outras autorizadas pelo país.

Para ter acesso ao site (www.pecachevrolet.com.br), o interessado preciso antes fazer o cadastro, que é gratuito. A compra de peças através desta ferramenta é restrita a oficinas.

Veja os recursos do site:

  • Catálogo de peças digitalizados dos carros Chevrolet vendidos no país desde 1964
  • Eventos, novidades e promoções destinadas ao público reparador
  • Orçamentos on-line e possibilidade de negociação de valores e do frete diretamente com a concessionária
  • Canal direto de atendimento ao reparador para consultas rápidas
  • Dicas de reparo passo-a-passo por veículo ou sistemas

Informações importantes sobre os novos carros da linha Chevrolet

Chevrolet




11/09/2015 Tecnologia

Velas aquecedoras para motores diesel da NGK chegam ao mercado brasileiro

A NGK, empresa atuante no mercado automotivo, está lançando no Brasil velas aquecedoras para motores ciclo diesel. Produzidas no Japão, o componente tem aplicação em veículos de pequeno e médio porte das principais montadoras e está disponível para reposição. Produzidas com a mais alta tecnologia, elas proporcionam uma partida rápida e suave, menor emissão de poluentes e maior durabilidade.

Para saber onde encontrar os componentes, solicitar a tabela de aplicação dos produtos da marca e esclarecer dúvidas, o consumidor deve entrar em contato com o SAC da NGK pelo 0800-197-112, de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 18h.

Vela aquecedora

A vela aquecedora é fundamental para o desempenho dos motores ciclo diesel. Como a denominação sugere, sua função é aquecer o ar na câmara de combustão ou na pré-câmara, proporcionando condições otimizadas para inflamar o combustível injetado.

A peça facilita a partida em dias frios, evitando falhas de funcionamento, além de reduzir o nível de emissão de poluentes e fumaça branca enquanto o motor não atinge a temperatura ideal de trabalho.

Fonte: NGK




28/08/2015

Volkswagen oferece curso de Mecatrônica com padrão de qualidade alemão

A Volkswagen do Brasil será a primeira empresa do País a oferecer curso de Mecatrônica em padrão de ensino alemão em seu Centro de Formação Profissional Volkswagen SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), localizado na fábrica Anchieta da Volkswagen do Brasil, em São Bernardo do Campo (SP). Para equiparar o ensino ao nível de qualificação dos cursos ministrados na Alemanha, o curso oferecido na fábrica Anchieta será ampliado para três anos (atualmente são dois), terá novas aulas práticas a serem realizadas com o aluno atuando diretamente no processo produtivo da empresa, subordinado a um tutor; e incluirá novo conteúdo aprofundado de eletroeletrônica.

“A Volkswagen do Brasil é pioneira no País a implementar um curso de Mecatrônica no mesmo padrão de qualificação da Alemanha, com diploma reconhecido pelo Governo alemão (parceria com a AHK – Câmara Brasil – Alemanha). Com essa iniciativa inovadora, a empresa passa a oferecer um nível ainda mais elevado de formação aos jovens, ampliando o curso de dois para três anos, incluindo novas aulas práticas realizadas no processo produtivo da empresa e conteúdo adicional de eletroeletrônica. Além disso, a própria Volkswagen do Brasil e as empresas participantes do projeto poderão contar com esses jovens altamente qualificados em seu quadro de funcionários de alta performance”, afirma o vice-presidente de Recursos Humanos da Volkswagen do Brasil, Holger Rust.

Ao concluir a nova formação com excelência, o aluno terá direito ao diploma de Mecatrônico reconhecido pelo Governo da Alemanha (parceria com a AHK – Câmara Brasil – Alemanha)  e estará qualificado para atuar em qualquer empresa de origem alemã no mundo; além do diploma alemão, o aluno recebe outros três diplomas oferecidos pelo SENAI. A primeira turma tem início previsto para fevereiro de 2016, com 20 alunos, sendo dez da Volkswagen do Brasil e dez de empresas parceiras.

  • Curso será ministrado no Centro de Formação Profissional Volkswagen SENAI, na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP)
  • Ao concluir a nova formação com excelência, o aluno terá direito ao diploma de Mecatrônico reconhecido pelo Governo da Alemanha
  • Para equiparar o ensino ao nível alemão, curso será ampliado para três anos, terá novas aulas práticas na produção e novo conteúdo de eletroeletrônica
  • Centro Volkswagen SENAI acaba de completar 42 anos, já formou mais de 6.400 alunos para o mercado de trabalho e é referência em qualificação
Fonte: Volkswagen




24/07/2015 TendênciaTecnologiaMecânica

Continental lança plataforma online para consulta sobre produtos

A Divisão ContiTech, do Grupo Continental, lança no Brasil sua plataforma digital para consulta ao banco de dados de todos os produtos do portfólio, ligada diretamente ao site da ContiTech e ao catálogo online. O PIC (Centro de Informação de Produtos, na sigla em inglês) é um projeto inovador da empresa, que lista para os mecânicos e clientes finais todas as informações relacionadas a cada produto: dados técnicos e gerais, instruções e conselhos de montagem, fotos e veículos que o utilizam.

Disponível também em inglês e espanhol, para desktops e dispositivos móveis, o sistema localiza facilmente detalhes importantes dos produtos. Além disso, proporciona praticidade na consulta online, garantindo ganho de tempo para mecânicos, se comparado a uma ligação telefônica. “A importância do PIC consiste em orientar principalmente o reparador, para que o processo de verificação do sistema e instalação das correias, por exemplo, seja feito corretamente e as dúvidas possam ser tiradas de maneira prática e fácil”, explica Plínio Cesar Pires Zauli, Analista de Mercado e Produtos da Continental.

Atualizado constantemente, o PIC oferece documentos digitais como diagrama de instalação das correias de sincronismo, composição dos kits com imagens, dicas e orientações técnicas. Os clientes ContiTech podem consultar as informações sobre os produtos diretamente de seus dispositivos móveis, por meio da leitura dos QR codes presentes na embalagem, que irão direcionar para a página de informações específicas dos produtos dentro do PIC, sem a necessidade de fazer download de aplicativos. O site em português do PIC da ContiTech é  www.contitech.com.br/aam/pic.

A Divisão ContiTech desenvolve e produz peças funcionais, componentes e sistemas para o mercado automotivo, de mineração e outras importantes indústrias. Junto com a empresa americana Veyance Technologies Inc., que foi adquirida pelo Grupo Continental no início de 2015. Além dessa divisão, a Continental conta com outras quatro – Chassis & Safety, Interior, Powertrain, Pneus – que registraram um faturamento de aproximadamente € 34.5 bilhões em 2014, e atualmente emprega cerca de 200.000 pessoas em 53 países.

Assessoria Grupo Continental




10/07/2015 CapacitaçãoDicas de GestãoNormas e LegislaçãoMecânica

Sindirepa e Sebrae lançam cartilha para oficinas mecânicas

O Sindirepa-SP – Sindicato da Indústria da Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de São Paulo – lançou no último dia 24 de junho, em parceria com o Sebrae-SP, a cartilha “Oficinas Mecânicas” – material que orienta como montar e manter uma oficina que contém informações sobre legislação, instalações e gestão.

Além da cartilha, a iniciativa também oferece Sebrae-SP oferece uma série de capacitações em que as empresas recebem um diagnóstico dos pontos a serem melhorados no negócio. Com base nessa avaliação, de acordo com o sindicato, os empresários podem participar de uma série de ações especificas para melhorar os processos, inovar na gestão e aumentar o faturamento.

“Com a cartilha e as orientações do Sebrae-SP, o empresário tem à mão um guia prático que serve para quem já está no negócio e precisa estar informado sobre as necessidades e também para os que estão iniciando no setor e podem saber das exigências que envolvem a abertura de uma oficina”, revela Antonio Fiola, presidente do Sindirepa-SP.

Para mais informações sobre a cartilha acesse http://www.sindirepa-sp.org.br/.

Sindirepa-SP




03/07/2015 Normas e Legislação

Câmara aprova projeto que cria desmanches legalizados

O plenário da Câmara Federal aprovou, por unanimidade, no dia 5 de junho, o Projeto de Lei 23/2011, que estipula regras para criação de desmontes legais de veículos. O texto, que segue para avaliação do Senado, pretende coibir o comércio de peças automotivas roubadas. Uma das justificativas da proposta é de que a lei vai permitir também a diminuição no valor das peças usadas e vai baratear o custo da reparação dos veículos nas oficinas.

Segundo o autor do projeto, deputado Armando Vergilio (PSD-GO), pesquisas recentes mostraram que 400 mil carros são roubados ou furtados anualmente no Brasil. Apenas pouco mais da metade é recuperada. O restante abastece os desmanches espalhados por todo o território nacional e o comércio ilegal de peças.

Ele assegura que o projeto vai proteger centenas de milhares de pessoas ao reduzir a criminalidade, pois as quadrilhas terão muita dificuldade para repassar os veículos roubados ou furtados. Também serão gerados novos empregos formais, nas oficinas legais que serão criadas, aumentando ainda a arrecadação de impostos.

Outra consequência natural será a redução do custo na reparação de veículos com a possibilidade de utilização de peças usadas, porém certificadas. “Em outros países, os resultados foram imediatos. Na Argentina, por exemplo, um ano após a criação dos desmanches legais, o índice de roubos de automóveis caiu 50%”, destaca Vergilio.

O deputado acrescenta que o proposta vai ainda viabilizar o seguro popular de automóvel, que poderá ter preços até 30% menores do que o produto tradicional, ao permitir a utilização de peças recondicionadas. “Esse novo produto poderá atingir 20 milhões de automóveis com mais de cinco anos de idade, que, atualmente, trafegam pelas ruas e estradas brasileiras totalmente desprotegidos”, aponta.

A proposta também pretende convencer pela questão ambiental e argumenta que haverá redução de danos causados pelo descarte desordenado, pelos desmanches irregulares de baterias, carcaças de veículos e fluídos de freios e motor.

O projeto ainda tornará obrigatória a baixa de registro da peça reutilizada perante o órgão responsável, aliada a um rígido controle pelo Estado. Dessa forma, será possível identificar todas as peças automotivas, permitindo rastreamento individual.

Fonte: Sindirepa




24/06/2015 Mecânica

Como funciona um motor elétrico automotivo?

Com a gasolina cada vez mais cara e a maior preocupação em torno da preservação do meio ambiente, a possibilidade de um carro elétrico se torna uma realidade. Porém, a pergunta que fica é: como funciona um motor elétrico automotivo?

À primeira vista, as diferenças quase não são notadas, a única real mudança num motor elétrico é que ele é muito mais silencioso que o normal; mas após abrirmos o capô do carro, descobriremos um sistema bem diferente do usual.

Na realidade, um motor elétrico automotivo parece com um sistema de energia elétrica que usamos em nossas casas, mas adaptado para as funcionalidades do trânsito. Vamos notar algumas diferenças fundamentais nesse funcionamento:

#1 - As baterias

Ao invés de gasolina, o motor é movido por um conjunto de baterias recarregáveis. Cada carga pode durar em torno de 80 km, sendo que você pode recarregá-las através de um carregador, tanto na forma de uma tomada comum quanto de placas indutivas, variável de acordo com o veículo. 

#2 - As marchas

Diferente do veículo comum, o com motor elétrico não necessita do sistema de marchas, sendo assim o câmbio serve apenas com as funções “avançar” e “dar ré”. Além disso, o carro não tem partida, basta apenas colocar a chave na posição “ligado”.

#3 - O Voltímetro

Ao invés de um medidor de gasolina, você terá um voltímetro que realizará as medições de energia elétrica no sistema. Em alguns casos, é possível que o carro venha equipado com algum sistema computadorizado mais moderno, que trará informações mais completas.

Vantagens de um motor elétrico automotivo

O custo para a recarga é muito baixo, saindo muito mais em conta que abastecer com combustíveis à base de petróleo. Além disso, a manutenção do carro também sai mais em conta, pois o motor elétrico não possui, por exemplo, mangueiras, escapamentos e nem necessita de óleo.

No Brasil, o motor elétrico automotivo pode ser a melhor saída para ajudar na preservação ambiental, já que no país produzimos energia elétrica de forma limpa, isto é, sem poluir o meio ambiente.

Salão do Carro




17/06/2015 TendênciaMecânica

Pesquisa revela a importância do reparador independente na compra do veículo

Mais de 80% dos proprietários de carros no Brasil preferem os serviços das “oficinas independentes” em detrimento das concessionárias oficiais das montadoras. Considerando a tecnologia embarcada nos veículos atuais e o desafio da formação da mão de obra no Brasil, esse é um dado impressionante. E fica ainda mais contundente quando se detalha o motivo para “fugir da concessionária”.

 

Em 57% dos casos, os donos dos carros preferem os serviços dos independentes por motivos relacionados à confiança, transparência, facilidade etc.; em 43%, abandonam os serviços oferecidos pelas montadoras por conta do preço. Os dados, divulgados pela consultoria Roland Berger, colocam o mecânico, que hoje prefere ser chamado de “reparador”, no centro de uma indústria milionária e de alta visibilidade: a automotiva. Porém, a figura do mecânico/reparador praticamente não consta nas análises oficiais do desempenho do setor.

De acordo com as estimativas das entidades que representam o setor, a frota circulante de automóveis e comerciais leves está entre 32,8 milhões e 43,2 milhões, dependendo da fonte consultada. Esses valores díspares se explicam pela forma como os dados são compilados, quer seja pela Anfavea, Sindipeças ou Fenabrave.

Pesquisa Imagem das Montadores

Desde 2009, a CINAU (Central da Inteligência Automotiva), unidade de pesquisa e inteligência de mercado do Grupo Oficina Brasil, coleta regular e sistematicamente os valores do tíquete nas oficinas. A série histórica acumulada revela que o valor médio do tíquete de peças é de R$ 470. Se cada carro passa 2,2 vezes por ano nas oficinas, o valor anual gasto em peças por veículo é R$ 1.034 e com um estoque reparável de veículos de 30,6 milhões temos um mercado que consome R$ 31,7 bilhões em peças.

Além de grande comprador de peças, o reparador independente desempenha um segundo papel também muito relevante. Ele é um dos influenciadores do consumidor no processo decisório de compra do veículo, seja novo ou usado. E os critérios que o reparador utiliza para amar ou odiar uma marca e um modelo variam do extremamente passional, quando ama, ao totalmente técnico, quando odeia.

 

Segundo Pesquisa Imagem das Montadoras, realizada pela Cinau, a opinião dos reparadores independentes deve ser considerada pelo mercado. Em sua 15ª edição, a análise contou com a participação de mais de 1.800 reparadores independentes de todo o País que, sem nenhum estímulo ou premiação, responderam ao questionário.

 

Foram avaliadas 34 marcas de automóveis e comerciais leves, divididas em três categorias, em função da participação de mercado de cada grupo. O primeiro grupo é formado pelas montadoras que detém 70% de participação na frota circulante de veículos. Já o segundo é composto pelas montadoras que possuem 25% e, o terceiro, as que detém apenas 5%.

 

Relativamente às montadoras, as melhores se revezam conforme o quesito avaliado. Com relação à disponibilidade de peças, a General Motors é a preferida dos reparadores independentes, seguida da Volkswagen. Quanto ao acesso a informações técnicas, Fiat e General Motors ocupam o primeiro e segundo lugar, respectivamente.

 

No topo do ranking reparabilidade está a General Motors, com a Fiat na sequência. Sobre o atendimento na rede de concessionárias, os reparadores preferem o desempenho da General Motors e, na sequência, a Fiat. Quanto ao item preço de peças, mais uma vez a General Motors lidera, seguida da Volkswagen. No quesito treinamentos, a Volkswagen vence, seguida da Fiat.

 

“Algumas montadoras, cientes desta realidade de mercado e resultados da pesquisa, já organizaram plataformas de relacionamento com o reparador independente. Essa aproximação visa ganhar recomendação para seus produtos, por meio da difusão de informações técnicas, treinamentos e melhor acesso a peças de reposição”, ressalta Marcelo Gabriel, diretor de Pesquisas da Cinau.

CINAU




08/06/2015 TecnologiaMecânica

NGK é eleita melhor fornecedor de velas de ignição pelo Sindirepa

A NGK, empresa japonesa desenvolvedora de tecnologias automotivas, foi eleita pelos associados do Sindirepa-SP, entidade que representa os reparadores automotivos no Estado de São Paulo, o melhor parceiro do mercado de reparação de veículos no segmento de velas de ignição. O “Prêmio Sindirepa-SP – Os Melhores do Ano” avalia as empresas que se destacam pelo atendimento a oficinas e suporte dado a seus clientes ao longo de 2014.

Entre os quesitos que ajudaram a NGK a conquistar esta honraria estão os cursos de qualificação técnica oferecidos ao longo do ano e os canais de relacionamento direto com o profissional da reparação. “Acreditamos que essa parceria e proximidade foram decisivas para a escolha da marca pelos reparadores”, avalia Marcos Mosso, chefe de Marketing da NGK.

Para o executivo, não basta ser referência no desenvolvimento de produtos. “O reparador busca constantemente informações sobre a vela de ignição, pois é um componente automotivo que está diretamente ligado ao desempenho do motor e apresenta atualizações constantes, conforme os novos projetos das montadoras”, afirma.

A cerimônia de premiação aconteceu no último dia 19 de maio, em São Paulo (SP), e elegeu as marcas preferidas de 22 segmentos, que contam com a classificação Ouro, Prata e Bronze, além da empresa Parceira do Setor da Reparação Independente. O evento reuniu mais de 150 empresários, além de diretores do Sindirepa-SP e lideranças do setor. Em sua 6ª edição, o reconhecimento é feito por meio de pesquisa, com amostra de cerca de 300 associados da entidade.

NGK

1 2 3 4 5 6 7

Home | Portal Colaborativo | Objetivos | Por que se Cadastrar | Perguntas Frequentes | Anuncie em 3D
Fale Conosco | Painel Interativo | Busca por Categoria | Busca 3D

Desenvolvido por House Press Propaganda • Copyrigth 2011 • Todos os direitos reservados
Portal Oficina Ideal • Rua Carneiro da Cunha, 167 Conj. 45 • Saúde • São Paulo SP • CEP 04144-000 • Fone: (11) 5584-6762