OFICINA IDEAL

Encontre aqui seu fornecedor ideal Mais de 2.000 empresas cadastradas, mais de 3.000 produtos e serviços disponíveis
Entidades Colaboradoras
Esqueceu sua senha? Não tem login e senha? Cadastre-se aqui!




06/03/2013

Quatro perguntas frequentes sobre lubrificação

 

Neste artigo decidi responder algumas perguntas que frequentemente são feitas sobre lubrificação. A seguir você poderá sanar algumas dúvidas que podem ajudar você no dia a dia na oficina. Veja como escolher o lubrificante correto, quais as diferenças entre eles, quanto tempo ele pode permanecer sem troca e como proceder corretamente na hora de completar o óleo.

Como escolher o lubrificante correto para cada tipo de situação ou veículo?

O lubrificante deve ser escolhido de acordo com a recomendação contida no manual do veículo. Nele, além da especificação do lubrificante que deve ser utilizado, consta também a quantidade a ser colocada e o período de troca, de acordo com o tipo de utilização.

Há diferença de um lubrificante para outro?

Como dito na questão anterior, deve-se seguir a recomendação do fabricante do veículo. Estas recomendações são baseadas nas especificações destes fabricantes e podem contemplar, além das classificações de viscosidade, como SAE 5W30, SAE 5W40 e SAE 10W30, também as classificações de desempenho, como a API (veículos americanos), a classificação ACEA (veículos europeus) e também o tipo do lubrificante: mineral, semissintético e sintético. Existem ainda as classificações das próprias montadoras.

É verdade que o óleo dura seis meses, independentemente da quilometragem rodada?

Não. O que acontece é que, em determinadas situações de uso, a montadora recomenda trocar o óleo lubrificante a cada 10 mil km ou a cada seis meses; leve em consideração o que ocorrer primeiro.

É preciso completar em algum momento?

O complemento de nível do óleo deve ser feito quando ele estiver abaixo do nível mínimo indicado na “vareta de nível”. Esta verificação deve ser feita com o motor frio, pois com isto o óleo estará no cárter do motor e nos informará o nível correto do óleo.

Everton Muoio Gonçalles, engenheiro mecânico formado pela UNITAU – Universidade de Taubaté. Atua desde 1987 em empresas nacionais e multinacionais de grande e médio porte no setor de petróleo, com vasta experiência em desenvolvimento de lubrificantes e derivados,elaboração de treinamentos, desenvolvimento de fornecedores de insumos, desenvolvimento de novas tecnologias. Participa de comitês técnicos na ABNT, ABRAMAN, IBP, Sindicom, Sindilub e AEA.

Fonte: Everton Gonçalles
Home | Portal Colaborativo | Objetivos | Por que se Cadastrar | Perguntas Frequentes | Anuncie em 3D
Fale Conosco | Painel Interativo | Busca por Categoria | Busca 3D

Desenvolvido por House Press Propaganda • Copyrigth 2011 • Todos os direitos reservados
Portal Oficina Ideal • Rua Carneiro da Cunha, 167 Conj. 45 • Saúde • São Paulo SP • CEP 04144-000 • Fone: (11) 5584-6762