OFICINA IDEAL

Encontre aqui seu fornecedor ideal Mais de 2.000 empresas cadastradas, mais de 3.000 produtos e serviços disponíveis
Entidades Colaboradoras
Esqueceu sua senha? Não tem login e senha? Cadastre-se aqui!




18/01/2013 Orçamentação

Audatex atualizará sistema de orçamentação conforme solicitações do Sindirepa-SP

 

Após estudos da Câmara de Colisão, o Sindirepa-SP realizou reunião com a Audatex para tratar de assuntos relacionados ao sistema de orçamentação - Audapad. Na pauta, foram discutidos diversos temas, entre eles a separação dos centros de custo – tapeçaria, elétrica e funilaria para que as oficinas tenham condições de administrar seus custos segmentados por categoria de mão de obra.

Com o objetivo de atender a demanda, a Audatex decidiu revisar os tempos dos modelos disponíveis na versão Audapad, o que permitirá a separação das categorias de mão de obra e a eliminação do cálculo de material de pintura. O prazo estipulado para implantação da ação é março de 2013.

A falta do campo para inserção de laudo de indenização integral e os critérios de correção monetária sobre o valor de material de pintura foram outros temas levantados na reunião. “A ausência desse campo, do laudo de indenização integral, impossibilita as oficinas de receberem o valor deste serviço”, lembrou o presidente da entidade, Antonio Fiola.

A Audatex se comprometeu a atender à solicitação com a nova versão do sistema, que será implantada em março do ano que vem. Segundo Alexandre Ponciano, da Audatex, a metodologia utilizada para correção do valor pago pelo material de pintura é complexa. Será feito um estudo para criar um novo método para realizar o pagamento dos produtos de pintura.

A Câmara de Colisão do Sindirepa também constatou que o sistema Audatex não contempla pintura de várias peças em alguns veículos, entre eles, Ford Ka, Agile e Cobalt. Na operação de troca do painel dianteiro, o Sistema não remunera as horas de pintura. Na troca da tampa traseira, o problema também ocorre no novo Polo Sedan. A Audatex fez revisões no sistema para a correção do problema e as atualizações já estão disponíveis automaticamente para os clientes pelo Audaupdate e, no portal da empresa, para os clientes sem Audaupdate.

Sindirepa




10/10/2012 Orçamentação

Falta de mão de obra, quem não conhece este mal?

Quando você pergunta a um dono de oficina de reparação automotiva: “Qual é o maior desafio da reparação no Brasil?” A resposta mais comum é: “Falta de mão de obra”. Como é possível faltar mão de obra, com tantas pessoas desempregadas? Na verdade, esse problema se deve à falta de profissionais mais qualificados no mercado.

Já ouvi dizer que os motivos da diminuição da procura para formação do profissional da área de reparação automotiva são a baixa média salarial e a falta de um plano de carreira bem estruturado. Com o advento da era digital, os jovens estão procurando outras áreas, que paguem mais, tenham um plano de carreira e que possam lhes trazer tranquilidade a médio e longo prazos.

Com a escassez da mão de obra qualificada no País, reter os trabalhadores já aptos a exercer a função é um dos mecanismos mais utilizados pelas empresas do setor. A maior dificuldade é que isso implica oferecer mais benefícios para esses trabalhadores, incluindo melhores salários, plano de carreira e estabilidade.

O crescimento econômico e o aumento da frota automotiva no País agravam o problema, pois é preciso elevar a produção e ter mais eficiência. As empresas começam a ter que disputar esse trabalhador no mercado. Isso acaba elevando os custos. A disputa por este profissional é tanta que, em alguns casos, a questão ética é ignorada e uma oficina pode até “roubar” o profissional da outra.

Muitas vezes uma oficina que aumenta sua demanda de serviço não obtém lucro, e sim problemas, acarretando mais prejuízos. A qualidade do orçamento e do reparo caem, fazendo com que a média do valor orçado diminua, impactando seu faturamento. Esse é um fenômeno que ocorre pela tal falta de mão de obra, pois  o funileiro pode ficar sobrecarregado e assim muitas vezes não consegue atingir os padrões de qualidade em seu serviço.

Será que estamos à beira do caos? A frota automotiva aumenta a cada ano, e, já que o investimento viário não acompanha esse crescimento, o índice de acidentes consequentemente também aumentará. Não vemos surgirem novas oficinas, tampouco a expansão das que já existem. O que fazer então?

Para proporcionar equilíbrio, seria necessário disponibilizar mais profissionais na área de reparação e administração;  isso resolveria o problema de fluxo das oficinas em atividade, conseguindo assim suportar a demanda elevada. Outro ponto importante é o surgimento de novas oficinas formadas empresários da reparação ou por investidores.

É fundamental que capacitemos novos profissionais para o setor. Uma possível solução para esse problema é a criação de projetos para atrair e desenvolver esses profissionais. Caso contrario, continuaremos tendo colaboradores sem uma capacitação de qualidade, geralmente aprendendo a trabalhar já na oficina. Em suma, continuaremos com a crise na mão de obra.

* Ricardo Nogueira iniciou sua carreira no setor automotivo no ano de 1988 como auxiliar de almoxarifado, com o tempo teve oportunidade em diversos departamentos. Passou pelos cargos de Chefe de oficina, Gerente Operacional, Regulador de Sinistro e já foi proprietário de sua própria oficina. Hoje atua como consultor da área automobilística com o objetivo de viabilizar o resultado das oficinas e garantir sua rentabilidade. Participou do desenvolvimento do Manual de Técnicas de Orçamentação onde aplica-se o conceito da "ARTE de APRESENTAR a CONTA", além de ser instrutor deste treinamento no CESVI BRASIL.

Ricardo Nogueira
Home | Portal Colaborativo | Objetivos | Por que se Cadastrar | Perguntas Frequentes | Anuncie em 3D
Fale Conosco | Painel Interativo | Busca por Categoria | Busca 3D

Desenvolvido por House Press Propaganda • Copyrigth 2011 • Todos os direitos reservados
Portal Oficina Ideal • Rua Carneiro da Cunha, 167 Conj. 45 • Saúde • São Paulo SP • CEP 04144-000 • Fone: (11) 5584-6762