OFICINA IDEAL

Encontre aqui seu fornecedor ideal Mais de 2.000 empresas cadastradas, mais de 3.000 produtos e serviços disponíveis
Entidades Colaboradoras
Esqueceu sua senha? Não tem login e senha? Cadastre-se aqui!




03/05/2016 Meio Ambiente

DEKRA conclui aquisição de 100% da Jopema

A DEKRA, líder mundial em inspeção e testes veiculares, anunciou a incorporação de 100% da Jopema Reguladora de Sinistros. A matriz da multinacional alemã no Brasil passa agora a deter a totalidade das ações.

Dentro do processo de aquisição, os serviços de Regulação de Sinistros realizados pela Jopema, passam a ser referenciados por DEKRA Sinistros e representados na sua totalidade pela DEKRA, sob a responsabilidade de Mário Cassio Maurício, CEO do Grupo no Brasil.

O CEO reforça que, com a união de processos das duas empresas (DEKRA e Jopema), houve a integração das operações e a expansão dos serviços de regulação de sinistros de três para mais nove estados somente em 2015. "Expansão esta que deverá atingir todo o País com apoio da rede franqueada da DEKRA e de nossos clientes", completa Maurício.

A empresa também planeja expandir seus negócios no Brasil, que tem como meta dobrar suas operações até 2020. O objetivo é aumentar ainda mais a competitividade local, com serviços focados na seleção de riscos para seus clientes nas áreas de seguros, financiamentos, locação, frotas, lojistas e concessionários de veículos e com muita atenção ao público final também.

O projeto está alinhado às estratégias mundiais da DEKRA, fornecedora internacional de serviços para o setor automobilístico. A companhia é líder do segmento na Europa e uma das maiores entre as empresas internacionais. Atualmente, a DEKRA Brasil possui a maior rede de vistoria do País, com mais de 400 postos fixos e 2.500 colaboradores e avalia, em média, R$ 60 bilhões em riscos por ano. Essa capilaridade trará força para a expansão do atendimento do serviço de Regulação de Sinistros em todo o território nacional. A DEKRA está presente nos 27 estados do País, com cobertura de atendimento em mais de 4.800 cidades.

Sobre a DEKRA

Empresa alemã, líder mundial em inspeção técnica e testes veiculares, presente em mais de 50 países. No Brasil, possui a maior rede de atendimento, chegando a mais de 4.800 municípios. A DEKRA realiza inspeções, vistorias, regulação de sinistro e consultoria, e tem em seu DNA o compromisso com a segurança em tudo o que faz, pois valoriza o bem maior, as pessoas.

Fonte: Dekra

Dekra




31/10/2014 Meio Ambiente

Embalagens de produtos automotivos são produzidas com Plástico Verde

A fabricante de produtos automotivos Centralsul Química acaba de lançar sua nova linha de produtos com embalagens produzidas com polietileno verde I'm greenT – plástico que se deteriora com a luz solar e pode reduzir a poluição no meio ambiente. A responsável pelo desenvolvimento da tecnológica é a Braskem, petroquímica produtora de biopolímeros.

Todas as embalagens da nova linha de limpa vidros, limpa rodas, limpador multiuso, cera expressa e preteador de pneus foi produzida pela Zandei, empresa produtora de embalagens. Esses recipientes apresentam o detalhe de uma roda esportiva e o selo I'm greenT para identificar sua procedência de fonte renovável.

Os produtos podem ser encontrados nas redes de supermercados, lojas de autopeças e postos de combustíveis de todo o Brasil e, a partir de 2015, em países da América Central, América do Sul e África.

"Essa iniciativa pioneira foi uma alternativa que encontramos para fazer a nossa parte no sentido de preservar recursos naturais e valorizar iniciativas sustentáveis de nossos fornecedores", afirma o diretor Comercial da Centralsul Química, Michel Schott.

O plástico verde da Braskem é produzido a partir do etanol da cana-de-açúcar, uma matéria-prima 100% renovável. Durante o processo de elaboração, o polietileno verde captura e fixa gás carbônico da atmosfera, colaborando para a redução da emissão dos gases causadores do efeito estufa.

Fonte: Redação Oficina Ideal e Assessoria Braskem




11/07/2012 Normas e LegislaçãoMeio Ambiente

RIO + 20 e o comportamento sustentável

 

Em 1992 ocorreu no Brasil a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, conhecida como ECO-92. O evento reuniu mais de cem chefes de Estado que buscavam meios de conciliar o desenvolvimento socioeconômico com a conservação e proteção dos ecossistemas da Terra.

Um dos resultados mais importantes deste encontro foi a Agenda 21, documento centrado na sustentabilidade que foi assinado por 179 países. Nos termos de responsabilidade assumidos, cada país definiu as bases para a preservação do meio ambiente em seu território, o que possibilitaria o desenvolvimento sustentável.

Os principais temas tratados na Agenda 21 foram:

- Combate à pobreza.

- Cooperação entre as nações para chegar ao desenvolvimento sustentável.

- Sustentabilidade e crescimento demográfico.

- Proteção da atmosfera.

- Planejamento e ordenação no uso dos recursos naturais.

- Combate ao desmatamento.

- Combate à desertificação e seca.

- Preservação dos diversos ecossistemas do planeta com atenção especial aos ecossistemas frágeis.

- Desenvolvimento rural com sustentabilidade.

- Preservação dos recursos hídricos, principalmente das fontes de água doce do planeta.

- Conservação da biodiversidade do planeta.

- Tratamento e destinação responsável dos diversos tipos de resíduos (sólidos, orgânicos, hospitalares, tóxicos, radioativos).

- Fortalecimento das ONGs na busca do desenvolvimento sustentável.

- Educação como forma de conscientização para as questões de proteção ao meio ambiente.

A Carta da Terra

A Carta da Terra foi outro documento de grande relevância discutido durante o evento e que tem como princípios básicos a paz, o desenvolvimento sustentável e a proteção do meio ambiente, três objetivos interdependentes e inseparáveis.

Sindirepa

Tudo isso aconteceu há 20 anos e estamos agora na RIO+20, assumindo novos compromissos ambientais globais para as próximas duas décadas.

O Sindirepa e os seus associados têm demonstrado comportamento sustentável, atendendo compromissos assumidos há duas décadas. Devemos estar prontos para os novos desafios firmados entre as nações que participaram da RIO+20 em 2012 e buscar juntos, empresas e pessoas, desenvolvimento consciente e benéfico a vida como um todo.

Antonio Gaspar de Oliveira




27/04/2012 Meio Ambiente

Oportunidades geradas pela Inspeção Ambiental Veicular

Além dos benefícios que traz ao meio ambiente, a Inspeção Ambiental Veicular também é positiva para os reparadores de veículos, gerando novas oportunidades de negócios. E, nos últimos anos, o Sindirepa-SP tem realizado diversos eventos com o intuito de orientar o setor a esse respeito e esclarecer dúvidas.

Ao longo dos meus 30 anos de experiência no setor de reparação de veículos, nunca vivenciei um momento tão oportuno para as oficinas quanto o atual. Não dá para negar que a inspeção é um importante fator gerador de demanda para os serviços do setor.

Para aproveitar essa fase, no entanto, é primordial que as oficinas se preparem a fim de atender essa nova procura com alta qualidade. Dessa forma, é possível ampliar a sua prestação de serviços, fidelizar clientes e alcançar ainda mais lucro.

* Técnico em Automobilística, Salvador Parisi possui mais de 30 anos de experiência na área. Com especializações em gerenciamento eletrônico de motores e em inspeção veicular, o profissional é vice-presidente do Sindirepa-SP e diretor técnico da Carbusam Autotraining. Entre suas atividades, destacam-se as consultorias, as palestras e os treinamentos técnicos oferecidos a empresas do setor automotivo.

Salvador Parisi




30/03/2012 Meio Ambiente

Operação Inverno

Ajude São Paulo a respirar melhor

Caracterizado pela ausência de chuvas e ventos e até pela inversão térmica que ocorre em algumas regiões, o período de inverno faz com que os poluentes fiquem mais concentrados no ar que respiramos.

Poluentes esses que são emitidos por diferentes fontes, com destaque para os ônibus, que lançam ainda mais detritos na atmosfera quando não recebem manutenção adequada.

Os veículos movidos a diesel, de maneira geral, emitem principalmente fumaça preta, formada por partículas tóxicas muito pequenas que penetram nos pulmões, podendo provocar irritações, alergias, doenças do coração e até câncer.

As crianças e os idosos são os que mais sofrem nessa época, a ponto de aumentar em 30% a frequência de pessoas nos hospitais em decorrência de problemas respiratórios.

Para minimizar esse quadro, é importante manter os veículos em dia com a manutenção – cuidado que, além de melhorar a qualidade do ar, também diminui o consumo de diesel, prolonga a vida útil do motor e promove economia.

A boa qualidade do ar que respiramos também depende de você.

Cuidados importantes:

  • • Mantenha o motor regulado conforme recomendações do fabricante;
  • • Faça manutenção preventiva;
  • • Abasteça com combustível de qualidade comprovada;
  • • Não acelere sem precisar e evite excesso de carga;
  • • Mantenha a pressão dos pneus;
  • • Desligue o motor quando estacionar.

Graduado em Gestão Ambiental, Antonio Gaspar de Oliveira é diretor da área técnica e ambiental do Sindirepa-SP e atua no segmento ambiental desde 1992.

Antonio Gaspar de Oliveira
Home | Portal Colaborativo | Objetivos | Por que se Cadastrar | Perguntas Frequentes | Anuncie em 3D
Fale Conosco | Painel Interativo | Busca por Categoria | Busca 3D

Desenvolvido por House Press Propaganda • Copyrigth 2011 • Todos os direitos reservados
Portal Oficina Ideal • Rua Carneiro da Cunha, 167 Conj. 45 • Saúde • São Paulo SP • CEP 04144-000 • Fone: (11) 5584-6762