OFICINA IDEAL

Encontre aqui seu fornecedor ideal Mais de 2.000 empresas cadastradas, mais de 3.000 produtos e serviços disponíveis
Entidades Colaboradoras
Esqueceu sua senha? Não tem login e senha? Cadastre-se aqui!




23/10/2015 TecnologiaFunilariaMecânicaPinturaMontagem

Chevrolet lança site de consulta e venda on-line de peças genuínas

Em um mundo cercado de modernidades, a tecnologia acaba sendo a melhor ferramenta das oficinas. E foi pensando em facilitar e agilizar a vida do reparador independente que a GM lança o site “Peça Chevrolet”, o primeiro desenvolvido por uma grande fabricante de automóveis a oferecer opção de consulta e compra online de peças.

De fácil navegação, o site traz diversas funcionalidades, como o catálogo digital de peças de todos os modelos Chevrolet comercializados no país desde 1964, nacionais e importados. Isso permite ao reparador encontrar rapidamente a peça correta a ser substituída.

Após escolher os itens desejados, o reparador seleciona uma autorizada e pede que o vendedor envie imediatamente um orçamento. O valor da compra e do frete, assim como a forma de pagamento, são negociados diretamente com a concessionária, sem intermediários, por meio de mensagens escritas em um chat.

Além de texto, o canal também possibilita o compartilhamento de imagens. Dessa forma, o reparador pode certificar-se de que está comprando a peça correta. Outro diferencial do site é que os itens vêm com atestado de originalidade, o que reflete em melhor qualidade e credibilidade ao serviço prestado pela oficina.

“Inovador, o site Peça Chevrolet apresenta-se como a maneira mais inteligente, prática e segura de adquirir um item de reposição original da marca”, destaca Marcelo Santiago, Gerente de e-Commerce para o Brasil e América do Sul. Para o executivo, essa é uma ferramenta que chega para agilizar o trabalho do reparador. “Quanto mais rápido é feito o conserto do veículo do cliente, mais satisfeito ele fica, e abre-se espaço para poder atender um outro carro e, assim, ampliar a receita do estabelecimento”, completa.

As concessionárias Chevrolet das cidades de Sorocaba, Bebedouro e São José dos Campos (SP) foram escolhidas para participar da primeira etapa da implantação do site, que logo habilitará outras autorizadas pelo país.

Para ter acesso ao site (www.pecachevrolet.com.br), o interessado preciso antes fazer o cadastro, que é gratuito. A compra de peças através desta ferramenta é restrita a oficinas.

Veja os recursos do site:

  • Catálogo de peças digitalizados dos carros Chevrolet vendidos no país desde 1964
  • Eventos, novidades e promoções destinadas ao público reparador
  • Orçamentos on-line e possibilidade de negociação de valores e do frete diretamente com a concessionária
  • Canal direto de atendimento ao reparador para consultas rápidas
  • Dicas de reparo passo-a-passo por veículo ou sistemas

Informações importantes sobre os novos carros da linha Chevrolet

Chevrolet




24/03/2015 FunilariaMecânicaMontagem

Tuper lança Ponteiras Premium em aço inox

Uma das maiores fabricantes de escapamentos da América Latina, a Tuper está lançando em março um novo produto para o segmento automotivo: a Ponteira Premium 100% inox. Feita com aço inox polido de alto brilho e acabamento diferenciado, as novas ponteiras são totalmente fabricadas no Brasil e dão um toque esportivo aos veículos.

Além de garantir mais estilo, as Ponteiras Premium são feitas em material mais encorpado e têm alta resistência à corrosão. O produto é ideal para quem gosta de personalizar o veículo ou deseja mudar o tradicional tubo do escapamento. São 13 modelos com aplicação universal desenvolvidos para encaixarem perfeitamente em diversos carros nacionais e importados.

Atualmente, a Tuper produz simultaneamente peças para as montadoras e para o mercado de reposição. Seu portfólio de produtos para o segmento automotivo inclui peças, componentes tubulares e tubos trefilados - com corte a laser, tratamento térmico e químico, curvamento, solda, estampagem e usinagem, entre outros processos -, e sistemas de exaustão, com destaque para os coletores, conversores catalíticos, filtros de material particulado, silenciosos e sistemas de pós-tratamento em cumprimento à norma Proconve P7 (Euro 5). Para o mercado automotivo de reposição, a Tuper produz escapamentos, catalisadores e outros tipos de ponteiras, atendendo aos mais variados modelos de veículos.

Sobre a Tuper

Com mais de 40 anos de atuação, a Tuper é a quinta maior processadora de aço do Brasil, segundo o INDA (Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço). A empresa acompanha a evolução do mercado com amplas linhas de produtos, atendendo as mais exigentes normas nacionais e internacionais.

Com quatro unidades industriais e capacidade produtiva de 550 mil toneladas de aço ao ano, fornece produtos para segmentos como: Construção Civil, Automotivo, Implementos Agrícolas e Rodoviários, Industrial, Óleo e Gás, entre outros. Seu portfólio de produtos contempla soluções tubulares para aplicações industriais, estruturais e de condução, tubos para óleo e gás, soluções automotivas e sistemas construtivos.

Instalada em Santa Catarina, a Tuper atualmente, emprega 2,5 mil profissionais e conta com 24 pontos de distribuição em todo o território nacional. As áreas de Engenharia e Pesquisa e Desenvolvimento da companhia contam com a parceria de centros de pesquisas, universidades nacionais e internacionais, entidades representativas e empresas líderes mundiais em tecnologia.

Entre os exemplos estão a parceria com a FEV, empresa de engenharia alemã que atua no desenvolvimento de soluções para o mercado automotivo. No setor de construção civil, um convênio de cooperação científica com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) possibilita pesquisas focadas em novas tecnologias na linha de estruturas metálicas tubulares. Além disso, a Tuper integra ainda o Comitê de Petróleo e Gás da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc).

Oficina Ideal




23/04/2013 Funilaria

DSW Automotive iniciará produção de acessórios automotivos no Brasil

 

Completando dez anos de atuação no Brasil, a Waypartners, empresa importadora e fabricante de acessórios para diversos segmentos, está investindo na construção de duas fábricas, uma em Manaus (AM) e outra em Mauá (SP). As novas unidades atenderão a diferentes divisões da empresa, incluindo a DSW Automotive. A partir de 2014, a instalação da Região Norte fabricará artigos voltados para o mercado automotivo como receptores para TV digital, encostos de cabeça com tela de LCD, entre outros.

“Com a fabricação local, em Mauá e Manaus, nosso objetivo é ampliar significativamente nossa atuação no mercado brasileiro, com maior variedade de produtos e preços extremamente competitivos”, afirma Pedro Pastorelli, diretor da Waypartners do Brasil. Com as duas unidades de produção, a empresa planeja dobrar seu faturamento neste ano e novamente em 2014.

A partir de 2015, com a produção consolidada, a Waypartners do Brasil deverá dar início à exportação de alguns componentes produzidos em Manaus, como capacitores, para mercados da América Latina (Venezuela e Colômbia). 

G6 Comunicações




18/02/2013 Funilaria

Colisão de segurança

 

Um veículo colide fortemente em uma barreira. O efeito de cenas como essa em slow-motion geralmente causam grande curiosidade entre as pessoas.  Apesar do interesse, será que você sabe qual a importância de testes como esse?

Conhecido como crash-test, teste desenvolvido com base nas normas seguidas para a montagem de um veículo; tudo é feito e idealizado para testar a segurança do automóvel e seu comportamento durante uma colisão.  O procedimento contribui para a verificação da qualidade das peças e a reparabilidade do veículo.

Todos os testes se propõe a evitar que partes do corpo dos ocupantes do veículo se choquem com componentes internos do carro como o painel, por exemplo. Para isso, os pesquisadores utilizam bonecos chamados Dummies, que simulam seres humanos e contam com sensores espalhados por todo o corpo.

O crash-test pode demorar. Para realizar um teste em baixa velocidade, os preparativos, a realização e a análise podem demorar 35 dias. No caso de veículos instrumentados, apenas a preparação pode demorar até 15 dias.

Velocidade diferente com objetivo diferente

Os impactos feitos com velocidade inferior a 16 quilômetros por hora são destinados a testes de componentes do automóvel, como para-choques e crash-boxes. Já os impactos acima de 27 quilômetros por hora têm como objetivo avaliar a segurança. Sendo assim, acima dos 27 km/h os testes são repetidos várias vezes e em diversos sentidos e situações diferentes, já que a colisão pode acontecer de diversas formas.

Redação Oficina Ideal




28/01/2013 FunilariaMecânicaPintura

Itaro recebe aporte e inova em prestação de serviço no Brasil

 

A Itaro, oficina virtual que atua no Brasil, anunciou a rodada inicial de investimentos da Simile Ventures, em conjunto com Rising Venture e Unique Partners. Com isso, a empresa pretende ampliar sua atuação no cenário brasileiro, com venda de pneus e autopeças multimarcas pela internet e serviço de instalação em oficinas conveniadas. Atualmente, a companhia possui parceria com 300 oficinas na cidade de São Paulo, mas a expectativa da empresa é chegar a mil estabelecimentos em todo o Brasil até o final de 2013.

Fundada em 2012, a Itaro pretende unir a praticidade da compra de pneus e autopeças via internet com a segurança da contratação de serviço de instalação em oficina conveniada. A empresa oferece pneus de diferentes categorias e modelos, das 10 principais marcas do mercado brasileiro, mas a companhia faz planos de trabalhar com uma linha completa de produtos, autopeças e acessórios para diferentes tipos de veículos, desde motos e carros a caminhões e máquinas agrícolas.

Segundo a Itaro, o processo ocorre da seguinte forma: ao acessar o site, o usuário pode buscar e escolher produtos de diferentes marcas. Em seguida, ele seleciona uma das oficinas parceiras e agenda um horário para a instalação. A autopeça adquirida é entregue diretamente na oficina escolhida. O cliente leva seu carro até lá no horário agendado e o serviço é realizado.

Em 2011, o mercado de pneus novos faturou R$ 9,6 bilhões e chegou a produzir 66,9 milhões de unidades, segundo a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos. Já o setor de reposição automotiva movimentou R$ 73 bilhões em 2011, conforme dados do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores.

Os reparadores que estiverem interessados em conveniar suas oficinas com a Itaro devem entrar em contato com a empresa pelo endereço oficinas@itaro.com.br

Itaro




03/12/2012 FunilariaPintura

Empresa lança pacote de serviços rápidos

 

A PPG, empresa do segmento de revestimentos, anunciou o lançamento do “Fast Repair Business”, programa voltado para oficinas que queiram montar um pacote de serviços rápidos para pequenos reparos em funilaria e pintura dentro de suas instalações. A novidade inclui treinamento para a equipe de produção e orçamentistas, padronização de layout do espaço, indicação de equipamentos que precisarão ser adquiridos e oferta de produtos da marca.

“As próprias montadoras indicam à rede credenciada que inclua um pacote de reparos rápidos. Pensando nisso, a PPG desenvolveu o ‘Fast Repair Business’”, comentou Fabio Rodrigues, coordenador de serviços da PPG.
“O pacote irá auxiliar nossos clientes a montarem e a manterem este espaço, oferecendo o melhor em serviços e produtos”, completa.


A PPG tem 125 anos de atuação em diversos segmentos do mercado e assegura que com a adesão ao novo pacote de serviços rápidos que trouxe ao Brasil, o empresário da reparação poderá ampliar sua atual margem de lucro em cerca de 20%.

PPG




21/11/2012 FunilariaMecânicaPintura

AutoZone chega ao Brasil

 

A AutoZone, uma das maiores redes varejista de peças e acessórios automotivos dos Estados Unidos,  inaugurou sua primeira no início de novembro na cidade de Sorocaba (SP). A empresa anunciou que abrirá 15 lojas no Brasil, todas nos Estado de São Paulo até o final de 2013.

Segundo o CEO Bill Rhodes, o principal diferencial da empresa é conceito "faça você mesmo". Além da área para vendas de produtos, a loja contará com um espaço onde os clientes poderão levar seus carros e receber orientações sobre como realizar o conserto de seus veículos.

Cursos gratuitos de mecânica e de estética utomotiva também estão nos planos da rede. O objetivo é atrair clientes de concorrentes há mais tempo no mercado.

Estilo americano
Com itens para carros, motos e caminhões, a AutoZone quer importar dos EUA a ideia de empréstimo de ferramentas para o consumidor realizar os reparos em sua própria garagem.

A nova empresa promete também serviços gratuitos, como teste do alternador e de recarga da bateria, além de diagnóstico do sistema de injeção eletrônica.

Segundo o Sindipeças (sindicato da indústria de componentes para veículos), o setor de autopartes no Brasil movimentou, em 2011, R$ 73,8 bilhões. Nos últimos sete anos, o faturamento total do segmento cresceu 55%.

Jornal Floripa




14/11/2012 Funilaria

Medir o Carro em “X”

 

Há trinta anos trabalho com reparação de automóveis e sempre ouço os funileiros dizerem: “É só medir o carro em ‘X’ para deixá-lo alinhado.” Boa parte disso é verdade; porém, temos que atentar para as cotas disponíveis nos manuais de reparação e também respeitar as cotas de comprimento, largura e altura. Até os anos 80, trabalhávamos com gabaritos. Agora, com a inovação tecnológica e os numerosos modelos de veículos, não é viável trabalharmos dessa maneira, até porque nem teríamos espaço suficiente para tantos gabaritos. O veículo é uma construção geométrica. Partindo desse princípio, temos formas quadradas, retangulares, raios e diâmetros. Devemos respeitar essas medidas, pois é delas que os mecânicos necessitarão para montar os componentes mecânicos e também todos os elementos móveis, como faróis, para-choques, lanternas, para-brisas, portas e tampas, além de muitos outros.

Dentre os componentes mecânicos, destacamos as suspensões dianteiras e traseiras, que são responsáveis pelo alinhamento mecânico do veículo. Quando bem ajustadas elas garantem:

- Melhor  dirigibilidade

- Estabilidade em curvas ou em linhas retas

- Melhor aderência com o solo

- Desgaste mínimo dos pneus

- Durabilidade dos componentes da suspensão e direção

- Segurança

Luiz Fernando da Silva




09/11/2012 Funilaria

Skylack traz novidade para o mercado

 

A Skylack, empresa do segmento de repintura automotiva, anunciou o lançamento do seu novo Kit Massa Poliéster 7000, que é composto pela Massa de Poliéster 7000 e também pelo catalisador 070.
 
A empresa indica a massa de poliéster para o preparo do substrato para corrigir irregularidades e defeitos na superfície do veículo. A fabricante garante que o novo produto tem alto rendimento, é fácil de aplicar e garante um bom preenchimento. A secagem rápida e a facilidade no momento de lixar contribuem para que as oficinas executem o trabalho com mais rapidez.
 
O produto já está disponível nas lojas e também pode ser encontrado pela internet em alguns sites especializados.
Oficina Ideal




01/08/2012 Funilaria

Orçamento de Funilaria

Como vimos no  artigo anterior, existe uma grande carência de mão de obra especializada em funilaria. Para o cargo de orçamentista não é diferente, tendo em vista que um bom profissional dessa área é um ex-funileiro. Antigamente existia um fluxograma de cargos e funções, hoje podemos chamar de plano de carreira, como por exemplo, ajudante de funileiro, funileiro, orçamentista, chefe da funilaria, Gerente de Oficina, Diretor e Presidente

Para fazer um bom orçamento, não basta um Software, é necessário um amplo conhecimento técnico e saber descrever detalhes do sinistro. O que ocorre em um acidente de transito é muito complexo para conseguirmos descrever sem desmontar o veículo. Uma colisão dianteira, por exemplo, pode refletir na parte traseira ou no teto, por isso a experiência profissional facilita a descrição do serviço a ser executado.

As oficinas têm preenchido as vagas de orçamentistas com pessoas que gostam de carros e dominam informática, e com isso os orçamentos acabam não sendo elaborados como deveriam ser. Um bom profissional dessa área não se prende apenas à visão externa, deve saber analisar todo o contexto ou imaginar de que forma o acidente aconteceu, em qual ângulo ou velocidade, que partes foram direta e indiretamente afetadas. Em algumas seguradoras, o orçamentista é responsável inclusive por verificar se o sinistro é pertinente.

Se o responsável pela oficina analisar os orçamentos de trabalhos já concluídos, verá que passa despercebida, em média,uma hora e meia de trabalho por veículo, o que no final do mês fará diferença na receita da empresa. Segue como dica, após a elaboração do orçamento feito pela seguradora, verificar o documento minuciosamente, pois em muitos casos é necessário fazer um complemento. É importante não ter medo de chamar a seguradora para fazer o complemento, não ter receio de fazer observações e alterações nos tempos de substituições de peças e reparos e principalmente em recuperações. Para colisões laterais, as seguradoras pagam em média 8 horas, porém sempre haverá uma recuperação de caixa de direção, estrutura ou lateral onde podemos (e devemos) acrescentar de uma a duas horas.

Para ter bons funcionários em sua empresa, crie um plano de carreira. Assim, o profissional se sentirá motivado a seguir em frente e sempre dará o melhor de si.

Graduado em Gestão de Processo Industrial e técnico em Automobilística, Luiz Fernando da Silva também tem formação em Funilaria Industrial e Automotiva. Atuou durante 14 anos como funileiro, orçamentista, recepcionista e consultor técnico. Desde 1996, é instrutor técnico do Senai de São Bernardo do Campo, onde dedica-se ao desenvolvimento de treinamentos técnicos para funileiros, tapeceiros e chefes de oficina. 

Luiz Fernando da Silva

1 2

Home | Portal Colaborativo | Objetivos | Por que se Cadastrar | Perguntas Frequentes | Anuncie em 3D
Fale Conosco | Painel Interativo | Busca por Categoria | Busca 3D

Desenvolvido por House Press Propaganda • Copyrigth 2011 • Todos os direitos reservados
Portal Oficina Ideal • Rua Carneiro da Cunha, 167 Conj. 45 • Saúde • São Paulo SP • CEP 04144-000 • Fone: (11) 5584-6762